Sistema de gestão: o que é e quais as vantagens para a empresa

Não é de hoje que o uso de um bom sistema de gestão se tornou essencial no dia a dia das empresas, afinal, cada vez mais o mundo dos negócios exige soluções que tragam benefícios como agilidade, eficiência e segurança. Mas você sabe o que é um sistema de gestão e quais suas vantagens na prática?

Neste artigo apresentamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto – desde os tipos mais utilizados até os principais usos para simplificar a rotina do seu empreendimento. Acompanhe a leitura e aprenda a escolher o sistema de gestão mais adequado às suas necessidades!

O que é um sistema de gestão

De forma resumida, podemos explicar o sistema de gestão como um programa para simplificar o gerenciamento de tarefas em diferentes setores da empresa. Essa solução se mostra essencial para negócios de todos os portes – das microempresas até grandes corporações e indústrias.

Atualmente existem opções de sistema de gestão empresarial com ampla variedade de funcionalidades, permitindo que o empresário controle tudo de modo unificado. Bastam alguns cliques para acessar diferentes setores do negócio e executar tarefas em pouco tempo.

O software beneficia especialmente o varejo físico e online, pois garante agilidade e precisão às operações de vendas. Assim, torna muito mais assertiva a gestão de estoque, a emissão de documentos fiscais (NF-e, NFC-e, boletos), o controle de PDV, os relatórios, entre outros pontos que falaremos detalhadamente nos tópicos adiante.

Sistema de gestão na nuvem x sistema de gestão local (on-premise)

Um detalhe importante que você precisa saber: existe sistema de gestão na nuvem (online) e sistema de gestão local (on-premise). É preciso conhecer as diferenças entre eles antes de escolher.

O sistema local é facilmente personalizável, muitas vezes criado para empresas com demandas bastante específicas, redes e franquias. Parece super vantajoso, mas vem perdendo espaço por causa de desvantagens como:

  • Exige instalação e, em alguns casos, hardwares dedicados exclusivamente para operar o sistema;
  • Atualizações e ajustes limitados;
  • Acabam ocupando espaço físico;
  • Custo de desenvolvimento, implementação e manutenção elevados;
  • Maior vulnerabilidade dos dados a ataques de hackers e imprevistos como sinistros, furtos, quedas de energia, etc.

Já o sistema de gestão online ganha a preferência tanto de usuários novos quanto de experientes. Suas principais vantagens são:

  • Facilidade de acesso: Não é necessário instalar programas no computador para operá-lo, basta fazer login por um dispositivo conectado à internet;
  • Dinamismo: Facilidade para realizar atualizações, manutenção e suporte;
  • Economia: Como não exige estruturas locais como máquinas, móveis e até mesmo salas específicas, reduz a necessidade de grandes investimentos;
  • Integração com plataformas de loja virtual: Ótimo para quem atua no e-commerce;
  • Forte segurança de dados: o sistema de gestão na nuvem costuma ter ótimos recursos de proteção, backup e privacidade;
  • Recursos personalizáveis: Você pode contratar mais armazenamento ou funções adicionais quando sentir necessidade;
  • Redução de erros humanos: Automatizar processos repetitivos, como preenchimento de dados;
  • Soluções pensadas para diferentes segmentos: Pet Shop, lanchonete, autopeças, entre outros;
  • Liberdade de uso: O sistema de gestão online se mantém sempre ativo, permitindo acesso e uso todos os dias, a qualquer hora.

Agora você já sabe o que é um sistema de gestão empresarial e quais as diferenças entre os modelos na nuvem e on-premise. Mas talvez esteja se perguntando: “será que preciso desse software no meu negócio”? Se você ainda não tem essa solução, provavelmente precisa! Confira o porquê no tópico a seguir.

Por que minha empresa precisa de um sistema de gestão?

Independentemente do segmento, organização é um requisito para qualquer varejista que deseja manter sua operação prosperando. Isso porque, se não houver um bom controle desde o início, a tendência é que as falhas se transformem em uma bola de neve. Além de estagnar o crescimento, a longo prazo, esses descuidos podem ser fatais para a saúde do negócio.

sistema de gestão

É aí que entra o sistema de gestão empresarial, uma solução eficiente e acessível para você administrar diversas informações em um só lugar. Entradas e saídas do estoque, fluxo de vendas, frente de caixa, financeiro, logística e relatórios fazem parte da rotina do varejo.

O software torna possível controlar todas essas demandas com apenas alguns cliques. Assim fica bem mais fácil dizer “adeus” às planilhas e arquivos que mais atrapalham do que ajudam!

Tempo vale ouro

Ao lado da organização, existe outro benefício valioso que o sistema oferece: otimização de tempo. Para os funcionários, significa produtividade (atender um fluxo maior de clientes com mais rapidez e menos erros operacionais).

Já para gestores, essa economia de tempo permite focar em ações analíticas. Por exemplo: negociar com fornecedores, reformular o portfólio de produtos, buscar novas parcerias, estudar outros mercados, planejar promoções e alinhar o posicionamento de marketing.

Continue a leitura deste artigo e conheça detalhadamente as principais vantagens do sistema de gestão empresarial

Vantagens do sistema de gestão

Não é exagero afirmar que o software de gestão é a peça-chave para otimizar a administração de um negócio de ponta a ponta. Todo mundo se beneficia: gestores ganham tempo, funcionários se tornam mais produtivos e clientes recebem um atendimento mais ágil.

Mas, afinal, como esse sistema de fato simplifica o dia a dia? Quais as vantagens aplicadas à realidade dos empresários? Descubra a seguir!

Melhorias no controle financeiro

Atualmente você sabe exatamente quanto sua empresa tem em caixa? Conhece a relação de contas a pagar e a receber? Consegue identificar o faturamento, a margem de lucro e a porcentagem de comissões? Com o sistema de gestão é possível manter o controle financeiro atualizado e consultá-lo rapidamente sempre que precisar.

Digamos que você gerencia uma loja com grande fluxo diário de operações, como Pet Shop ou papelaria. No fim do dia, ao fechar o caixa, as contas obrigatoriamente precisam estar corretas. Acontece que negócios que sem um bom software empresarial estão muito mais propensos a erros.

Notas fiscais duplicadas, omitidas ou com erro de digitação; boletos vencidos; produtos que não receberam baixa no estoque e crediários não faturados são equívocos que podem ser evitados. Portanto, um dos principais benefícios do sistema de gestão é melhorar o controle financeiro da empresa.

Gestão de estoque

Todo gestor precisa conhecer seu estoque – isso é fato. Infelizmente, os casos de estoque mal gerenciado ainda são bastante comuns. Quem trabalha com alimentos perecíveis (loja de produtos naturais, lanchonete, etc.) e itens sazonais (como moda e calçados) precisa de atenção redobrada com o armazenamento.

No caso dos alimentos e cosméticos, a data de validade deve SEMPRE ser respeitada. O sistema de gestão proporciona um controle preciso do estoque, evitando que você compre lotes em excesso. Além disso, possibilita identificar produtos encalhados e próximos de vencer – para evitar prejuízos maiores, aplique descontos atrativos e minimize as perdas.

gestão de estoque tedsys

Quanto aos produtos sazonais (roupas, calçados, acessórios), o segredo é abastecer o estoque com base no histórico de consumo dos seus clientes. Para isso, basta consultar os relatórios pelo próprio sistema de gestão empresarial.

Lembre-se: o software é eficiente, mas não trabalha sozinho. Tanto gestor quanto operadores devem manter os dados atualizados.

Aumento nas vendas

Com todos os setores da empresa organizados, especialmente a gestão de estoque e o controle financeiro, cria-se condições favoráveis para o aumento nas vendas. A lógica é simples: quanto mais você conhece sobre seu negócio, mais assertivas podem ser as estratégias.

Aproveite ao máximo as funcionalidades do sistema de gestão para analisar oportunidades, consertar erros e criar planos de ação.

Indicadores de resultados

Um bom sistema de gestão oferece relatórios e indicadores de resultados detalhados. Dê preferência a um software que utiliza Business Intelligence (BI), pois essa ferramenta elabora relatórios gerenciais completos e inteligentes. Com esse diferencial você monitora vendas, tíquete médio, histórico, desempenho por loja e vendedor, entre outros filtros.

Segurança e controle

Se uma queda de energia danificar o computador utilizado para realizar as vendas, você não precisa cancelar o expediente. O acesso ao sistema de gestão online é via internet, ou seja, ligue outro dispositivo e continue operando. Isso é segurança!

Quanto ao controle, não precisa se preocupar: os logins têm acesso a setores previamente estabelecidos pelo gestor. Nesse sentido, é possível fornecer dados diferentes a gerentes e vendedores.

Principais tipos de sistemas

Ao contrário do que muita gente pensa, não existe apenas um tipo de sistema de gestão. Atualmente o mercado conta com soluções pensadas para resolver diferentes problemas. Veja quais os mais comuns.

CRM

O Customer Relationship Management (CRM) é indicado para fazer a gestão de relacionamento com o cliente, facilitando a comunicação entre empresas e pessoas. Ele reúne dados relevantes do funil de vendas, servindo como suporte à equipe comercial.

Os insights fornecidos pelo CRM são: previsão das vendas; otimização da relação com o consumidor; redução das taxas de cancelamento e abandono do carrinho (no e-commerce); histórico dos contatos com clientes; dados relevantes para campanhas de vendas mais assertivas.

ERP

O Enterprise Resource Planning (ERP) é o software voltado para o planejamento de recursos da empresa. Seu uso é mais operacional: emissão de nota fiscal eletrônica, geração de boleto, controle logístico, gestão do estoque, pagamentos diversos, informações sobre funcionários (RH).

No entanto, também realiza armazenamento de dados importantes – sendo aliado no planejamento financeiro, nas estratégias e na contabilidade.

PDV ou POS

PDV é o sistema com foco em funcionalidades para o ponto de venda, ou seja, é utilizado para comércio físico (lojas, lanchonetes, empórios, autopeças, pet shops, entre outros). Os procedimentos mais comuns no dia a dia, atendidos pelo sistema PDV, são: registro de mercadorias; cadastro de clientes e fornecedores; emissão de notas (NF-e e NFC-e); troca e devolução de produtos; rotinas de caixa.

No momento em que o operador realiza a venda, o software cruza os dados armazenados para registrar a baixa no estoque automaticamente e contabilizar a comissão do vendedor (quando houver). Essa solução é excelente para padronizar as operações no varejo.

RMS

Já o Retail Management System (RMS) foi desenvolvido especificamente para o varejo. Um dos seus principais usos, por exemplo, é em grandes supermercados e empresas automotivas, pois contém funcionalidades completas para esse tipo de negócio. Saiba mais detalhes sobre esse sistema no tópico a seguir.

Sistema de gestão para varejo (RMS)

Como você pode perceber, existem muitas opções de software no mercado – desde os mais básicos, passando pelos genéricos até os específicos para nicho. De todo modo, seja qual for o sistema de gestão contratado, a finalidade é a mesma: integrar e automatizar processos.

Em muitos casos, o ideal é escolher um sistema de gestão para varejo, tornando o dia a dia da operação mais rápido, eficiente e lucrativo. Veja as particularidades desse tipo de software:

  • Redução de custos;
  • Diminuição de falhas operacionais;
  • Escolher as funcionalidades mais importantes para o modelo de negócio;
  • Redução de tarefas repetitivas e aumento de produtividade;
  • Melhor controle financeiro;
  • Mensuração de vendas (entradas e saídas do caixa);
  • Gestão exata do estoque, compras e frente de caixa;
  • Controle de contas a pagar e receber (consequentemente, redução de inadimplência);
  • Automatização de pagamentos recorrentes;
  • Fácil gestão tributária;
  • Cadastros de clientes, produtos, fornecedores e operadoras de logística;
  • Acompanhamento de prazos de validade (consulta aos lotes);
  • Emissão de boleto, Nota Fiscal eletrônica e Nota Fiscal de Consumidor eletrônica.

Como saber quando você precisa de um sistema de gestão

Toda empresa pode se beneficiar do sistema de gestão – inclusive Microempreendedor Individual (MEI) que trabalha com vendas de produtos. Tanto que, atualmente, já existe sistema de gestão para pequenas empresas. Essa é uma opção simples, acessível e igualmente eficiente.

sistema de gestão tedsys

Mas como saber o momento de investir nessa solução? A resposta é simples: quando você quiser profissionalizar e qualificar o gerenciamento do seu negócio!

Claro que existem alguns filtros. Se a empresa tem um fluxo de vendas muito pequeno, com poucas emissões mensais de nota fiscal, estoque enxuto e poucos ou nenhum funcionário, talvez seja mais vantajoso apostar apenas numa otimização da rotina e do tempo. Conforme a operação expandir, aí sim será hora de contratar um bom sistema de gestão.

Outra análise que pode ajudá-lo: conheço meu negócio suficientemente? Se a resposta for não, é provável que precise contratar um software empresarial – seja qual for o porte da operação. Essa reflexão vale tanto para o comércio físico quanto para lojas virtuais.

Como escolher o melhor sistema de gestão para sua empresa

Se você chegou até este tópico é porque realmente está interessado em ter sistema de gestão. Confira os pontos que deve analisar antes de contratar o software, assim escolherá a solução com mais certeza.

  • Número de usuários/logins;
  • Limite de notas fiscais emitidas por mês;
  • Capacidade de armazenamento em nuvem;
  • Compatibilidade com certificado digital A1 ou A3 (para emissão de documentos);
  • Possibilidade de contratar serviços adicionais (conforme a empresa cresce, precisará de mais espaço na nuvem e acessos, por exemplo);
  • Número de PDVs (esse detalhe faz toda a diferença para franquias e redes);
  • Integração com plataformas de loja virtual (detalhe importante para quem já vende ou pretende ingressar no e-commerce);
  • Atualizações e backup;
  • Suporte técnico (é comum haver dúvidas durante o uso do sistema, então certifique-se de que a empresa conta com equipe de atendimento);
  • Zero taxa de adesão e ativação.

Quem usa Tedsys sai na frente

Referência no mercado, a Tedsys conta com soluções completas para quem busca um sistema de gestão online eficiente e acessível sem abrir mão da facilidade na navegação. Experimente SEM CUSTO!

Gostou deste conteúdo sobre o que é sistema de gestão e quais as vantagens para sua empresa? Então compartilhe com outros empreendedores para que mais pessoas possam simplificar sua jornada no mundo dos negócios!

Posts Recomendados

No comment yet, add your voice below!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *